reflexões internéticas

Marília Gabriela agora tem um canal e entrevistou o Karnal. Bem interessante a conversa. Falou ele algumas coisas quais eu concordo.

Sobre a máxima: todo mundo é feliz no Facebook. Não. Apenas optamos por compartilhar nas mídias sociais, os momentos que gostamos de lembrar. Assim como aquele porta retrato que está na estante para que todos que ali circulam, vejam.

Não existe modelo de felicidade, não existe modelo de relação. A internet vai representar ~ ou já representa ~ o fim de vários referenciais de gerações passadas.