Vai lá e faz

Toda vez que me pego na espera de inspiração para fazer algo que tenho que fazer, lembro e leio esse texto do desmanual da escrita, do Go, Writers

Por isso essa dica é pra mim e para você, procrastinador: vai lá e faz. ✔️


 

Anúncios

Parece simples

“Várias vezes, você deve parar, 1 ou 2 minutos, e rever o que fez nessa última hora que passou, como se fosse sua última hora de vida. E, daí, deve se perguntar: “Se eu morresse agora, estaria feliz com o que fiz nessa última hora? Será que, de fato, fiz o meu melhor, fui mais aberto às pessoas, mais compassivo, mais atento à mim mesmo?” Essa consciência da morte muda nossa relação com a própria vida. Em vez de ser algo que dá pânico, a morte se torna uma aliada, que nos mantém mais consciente do que devemos fazer – a vida é hoje.” Artur Andrés.

Parece simples. Só parece.

insira, expira e aperta o play

Concentração e foco são muitas vezes um desafio para quem trabalha com o Whats pipocando ao lado ou as notificações do Facebook teimando em aparecer.

Para quem busca e precisa de concentração no trabalho, o Spotify tem algumas playlists que podem ajudar. Pra mim, ajudam.

Gosto dessa:
Deep Focus

Busca lá por “focus” e certamente alguns dos resultados vai te agradar.
Aperta o play e engata a primeira.

reflexões internéticas

Marília Gabriela agora tem um canal e entrevistou o Karnal. Bem interessante a conversa. Falou ele algumas coisas quais eu concordo.

Sobre a máxima: todo mundo é feliz no Facebook. Não. Apenas optamos por compartilhar nas mídias sociais, os momentos que gostamos de lembrar. Assim como aquele porta retrato que está na estante para que todos que ali circulam, vejam.

Não existe modelo de felicidade, não existe modelo de relação. A internet vai representar ~ ou já representa ~ o fim de vários referenciais de gerações passadas.